Quer trocar de plano de saúde? Saiba como cancelar o atual e contratar um novo

Tempo de leitura: 4 minutos

Hoje em dia existem inúmeras possibilidades de planos de saúde, tanto individuais quanto coletivos. No caso das empresas que desejam contratar os serviços para proteger a saúde de sócios, funcionários e colaboradores, escolher o plano que mais se adapta às necessidades das pessoas e às possibilidades de investimento da empresa não é tarefa fácil.

 

É por isso que muitas empresas inicialmente contratam determinado plano, mas logo percebem que, na prática, a opção está trazendo mais perdas do que ganhos.

 

Esse é o momento de rever as opções do mercado e avaliar outras possibilidades disponíveis para manter a cobertura dos funcionários assegurados com os planos de saúde. Muito importante, a etapa de cancelamento e contratação de um novo plano pode ser bastante confusa. Por isso é essencial que as empresas estejam por dentro das normas de regulação determinadas pela Agência Nacional de Saúde (ANS) no que diz respeito à Saúde Suplementar do Brasil.

 

Como cancelar um plano de saúde?

 

Para os contratos de planos de saúde feitos a partir de 1° de janeiro de 1999 ou sob a lei 9.656/98, a resolução 412 já vigora. Essa resolução estabelece regras para quando o cliente quer cancelar seu contrato com a operadora do plano de saúde, seja individual ou coletivo. O objetivo da norma é trazer mais clareza e transparência nos cancelamentos, evitando comprometer a saúde financeira dos clientes.

 

Antes da resolução, o cliente que desejasse cancelar seu plano de saúde deveria cumprir um prazo de aviso prévio de aproximadamente 30 dias antes de ter o plano efetivamente cancelado. Hoje em dia, o cancelamento deve ser feito imediatamente, a partir da solicitação de desligamento do contratante.

 

Outra mudança significativa nas burocracias diz respeito à exclusão do titular nos planos familiares. Antes, se o titular do plano de saúde cancelasse o serviço, todos os beneficiários também perdiam os direitos de usufruírem do atendimento. Depois da resolução 412, os dependentes têm seu direito de permanecer com a apólice nas mesmas condições estabelecidas pelo contrato.

 

Por fim, uma última mudança que merece atenção é a possibilidade do contratante inadimplente cancelar os serviços com determinada operadora imediatamente, mesmo com as prestações em atraso. Essa alteração na lei garante que o consumidor possa procurar outros planos de saúde mais baratos, sem ficar amarrado a uma opção que ele não pode pagar. Quanto às dívidas, elas podem ser renegociadas posteriormente.

 

Mas atenção, é importante salientar que essas alterações só valem para o beneficiário que pede a exclusão. A regra para cancelamento do plano por parte da empresa (neste caso, o plano todo é cancelado), continua sendo a de comunicar a operadora com 60 dias de antecedência.

 

Como escolher um novo plano de saúde?

 

Após tomar a decisão de trocar o plano de saúde, e escolher aquele mais adequado de acordo com as opções oferecidas pelo seu corretor, alguns cuidados devem ser tomados antes da efetiva formalização.

 

Leia com atenção o MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DO PLANO DE SAÚDE (cada operadora tem um modelo, mas, na sua essência todos seguem as normas e regras estabelecidas pela ANS). Verifique se no contrato estão descritas todas as condições anteriormente negociadas, tais quais: preço por beneficiário e carências por procedimentos.

 

Evite problemas futuros, como por exemplo, não conseguir internar um familiar ou colaborador com saúde debilitada, certificando-se de que o seu corretor de seguros cumpriu a risca o que prometido na fase de negociação.

 

Verifique também a abrangência do plano (se ele é regional, estadual, nacional) e se oferece cobertura ambulatorial e hospitalar. Também é importante avaliar quais os exames, procedimentos e qual a especialidade dos profissionais que trabalham na rede. Por fim, vale ficar de olho nas formas de pagamento e nos reajustes anuais.

 

Dessa maneira, é importante poder contar com uma corretora especializada no momento da contratação ou troca de plano de saúde empresarial. A TOC Garantias tem uma experiência com mais 20 anos no mercado de seguros e pode orientar a sua empresa a encontrar o plano ideal para o seu negócio!

 

Lembre-se que o reajuste varia de acordo com o uso do plano. Por isso é muito importante que a empresa, após fechar negócio, oriente os usuários sobre como utilizar os benefícios do plano de saúde de maneira correta.

 

Conte com nossa ajuda para esclarecer qualquer dúvida e continue acompanhando o blog da TOC Garantias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *